segunda-feira, fevereiro 21, 2011

“Palavras apenas, palavras pequenas..” ♪

   Outro dia ele me perguntou por que lhe dou preferência sabendo que ele não pode me oferecer nada, nem me fazer promessas. Nem sei qual foi minha respostas naquele instante, mas isso me fez pensar. Lembrei de todas as coisas que já me foram oferecidas e de todas as promessas que já ouvi. Algumas foram muito bonitas, outras engraçadas, mas nenhuma foi além das palavras. Palavras estão entre as coisas mais belas que o homem criou. Algumas vezes elas conseguem expressar coisas que nem sabíamos que estávamos pensando ou sentindo. Em outras vezes elas nos permitem organizar aquilo que está confuso dentro de nós. Ou elas simplesmente nos encantam com sua beleza única e mos arrancam um sorriso quando isso parece impossível. Mas palavras são só palavras. Ditas ou escritas num papel, podem até nos encantar ou nos entristecer, mas são apenas palavras. Embora palavras possam fazer a paz ou começar uma guerra, elas não substituem as atitudes. É como dizem, palavras o vento leva enquanto as atitudes ficam para a eternidade. Pode ser clichê, mas não deixa de ser verdade. Assim como é verdade que os meus momentos mais felizes nos últimos tempos foram ao lado dele. Então, aí está o porquê de eu lhe dar tanta preferência. Eu não preciso de promessas para um futuro que talvez não chegue. Eu só preciso que você me abrace forte e me faça esquecer por alguns segundos que o futuro e o passado existem.

E eu vou guiando. Eu te espero, vem.
Siga aonde vão meus pés, porque eu te sigo também.
Eu te amo. Eu te peço, vem.
Diga que você me quer, porque eu te quero também”
- Luz dos olhos, Cássia Eller                                                                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*