terça-feira, dezembro 28, 2010

O ano termina e nasce outra vez.

   Passando pelos blogs que acompanho, prometo que serei mais presente nas leituras e nos comentários em 2011, me dei conta de que preciso escrever algo para me despedir de 2010, uma retrospectiva ou qualquer coisa do gênero. Completamente sem inspiração (pois é, tá foda!) fui ver o que eu escrevi no final de 2009 e achei engraçado porque, apesar de não ter conseguido aquilo que me dispus a buscar nesse ano que acaba, não é o que eu quero pro ano que se aproxima.
   Em 2009 eu busquei o amor e não encontrei e foi assim que eu comecei 2010. Porém do meio desse caminho eu descobri que existem coisas muito mais importantes que amor. Mais importantes que esse amor de casal que eu buscava anteriormente. Essa busca incansável que assola todos nós, por mais que tentemos negar, é cansativa demais e não leva a lugar nenhum. Não se encontra amor em meio ao desespero. Aprender isso foi difícil e só aconteceu depois de muito sofrimento, mas me abriu os olhos pra outras coisas. Quando eu parei de buscar minha felicidade nos outros eu descobri em mim uma paz e um amor que eu desconhecia. Estar bem comigo mesma é tão melhor que estar bem com outra pessoa que eu nem sei descrever essa sensação com palavras. Mas é isso que eu quero pra mim e pra todos que eu gosto em 2011. Que todos aprendamos a viver felizes em nossa própria companhia. Que paremos de buscar nos outros aquilo que ainda bem encontramos em nós mesmos. Que comecemos a nos amar acima de tudo e que esse amor cresça mais a cada dia. A melhor felicidade é a que vem de dentro e é essa a felicidade que desejo pra todos com quem me importo.
   Além disso, desejo que meus amigos verdadeiros estejam mais próximos em 2011. Desejo mais festas, mas porres, mais risadas, mais fiascos, mais shows, mais rock, mais amor, mais felicidade, mais empatia, mais inspiração, mais paz, mais sexo, mais tranquilidade, mas positividade e mais tudo de bom que vocês puderem pensar. Termino 2010 bem demais e espero começar 2011 na mesma vibe, trazendo comigo todas as pessoas importantes da minha vida.
   Desejo a todos os amigos, curiosos e leitores do blog um 2011 cheio de todas as coisas boas que o universo possa trazer. Que todos encontrem seu caminho e se percam nele. E se percam de si mesmos. E se mostrem. E vivam. E vibrem. E sintam. E sejam felizes. E sejam tristes. E sorriam. E chorem. E façam tudo que tiverem vontade. A vida pode até não ser uma só, mas ela com certeza nunca mais será igual, então aproveitem.

3 comentários:

  1. E foi tomio e acompanhar, as vezes loucamente feliz, outras horas estranhamente triste.
    Mais a vida é mesmo uma montanha russa e depois que se entra no carrinho, não tem mais como fugir. Só nos resta escolher se gritamos de olhos fechados e perdemos essa grande aventura ou se levantamos os braços e curtimos o vento no rosto.
    Feliz 2011, cheio e repleto de poesia.

    ResponderExcluir
  2. AAh, eu tbm prometi mil coisas e o ano já acabou e não cumprir nem metade das promessas. =/

    Procurei um amor esses tempos mas, tbm não encontrei. enfim,

    que 2011 seja bom/melhor que 2010 para todos nós.

    ;*

    ResponderExcluir
  3. tem um desafio para vc no Mil Alices ;)

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*