terça-feira, outubro 12, 2010

You and me could write a bad romance.

Now Playing: Bad Romance – Lady Gaga ♪
 Eu sento aqui e começo a lembrar das coisas que passaram, os poucos momentos que tivemos juntos foram tão bons. O seu carinho me fazia tão bem e os seus braços me faziam sentir, mesmo que por instantes, muito mais segura. Mas como tudo na (minha) vida, nossos momentos se acabaram e agora só me resta relembrá-los e secar as poucas lágrimas que não consigo segurar quando você ocupa meus pensamentos. Se apagar todos os momentos felizes levasse embora esse vazio que fica quando penso no que passou, eu apagaria. Mas infelizmente não há uma borracha capaz de fazer isso. Assim como não há uma cola que seja capaz de te fazer ficar ao meu lado, nem uma caneta que possa escrever uma história feliz para nós dois. Eu só queria que tivéssemos tido mais tempo, mais momentos, mais chances para tentar. Eu queria ter sentido mais vezes aquele friozinho na barriga que sentia quando te esperava chegar, o coração acelerado quando abria a porta e aquelas outras coisas tão nossas que eu não ousaria publicar. Queria ter dado mais risadas de ti e muitas mais contigo. Queria ter te abraçado por mais tempo e queria ter prolongado mais nossos beijos. Você se foi tão rápido e eu nem tive tempo de me despedir. Se eu soubesse que a última vez seria a última eu teria ficado mais um tempo nos teus braços pra guardar comigo o teu cheiro que tantas vezes me fez dormir melhor. E teria te olhado por mais uns instantes pra ter certeza que aquela tua cara de bobo da “última vez” que nos vimos nunca se perdesse na minha memória. Eu queria que tivéssemos uma chance pra tentar. Nós teríamos sido tão bons juntos. Nossos defeitos irritantes se completariam enquanto nossas afinidades e nosso entendimento fora do comum fariam o resto funcionar. Nossa brigas seriam as mais engraçadas e fazer as pazes seria a melhor parte do dia. Teria sido o relacionamento mais torto e mais bonito do mundo. Seria algo tão único e tão nosso que dói só de pensar em como seria bom. Mas apesar de não ter sido e de doer pensar nisso, eu ainda acredito que um dia a vida pode nos dar uma chance. Uma chance pra sermos tortos, errados e sem sentido juntos e felizes de um jeito que só duas pessoas que entendem as loucuras e os defeitos uma da outra podem ser.
E finalmente consegui juntar alguns sentimentos e traduzí-los em meia dúzia de palavras mal escritas.http://weheartit.com/entry/4022238

5 comentários:

  1. Em certos momentos, querer não é poder! Um texto rico em sentimentos, mas triste por essência!

    ResponderExcluir
  2. Nem sempre acontecem as coisas que queremos, pois este mundo é demasiadamente injusto. Achei que o título se enquadrou perfeitamente ao texto, só para constar. Beijo, chérie.

    ResponderExcluir
  3. Amei o texto. Cada palavra, cada frase transbordando sentimento.
    Parabéns pelo blog.

    Estou seguindo...

    ResponderExcluir
  4. caramba meu, que texto.. tocante!
    cada palavra super bem colocada.. nossa :D

    ResponderExcluir
  5. sério quase chorei aqi!
    Mto liindo!
    Parabéens!
    Beejo'

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*