sexta-feira, setembro 03, 2010

Parte IX - Amor

   
Now Playing: Sophia - Esteban ♪

    Natasha acordou com uma sensação estranha. Fazia muito tempo que ela não dormia sozinha. Júnior e ela discutiam quase todos os dias desde que Edu ligara pra saber dela e depois pra perguntar se podia passar uns dias com eles. Aparentemente ele tinha um seminário de trabalho ou algo assim, mas Júnior insistia em dizer que ele só queria ir atrás de Natasha e ficou furioso por ela ter dito que Edu podia ficar com eles. A briga da noite anterior tinha sido a pior de todas. No calor da discussão Natasha deixou escapar que Edu tinha se declarado pra ela na festa de despedida. Foi a gota d’água para Júnior e foi por isso que naquela noite, pela primeira vez desde que chegou à Londres, ela dormiu sozinha.
   No sofá Júnior observava o teto do apartamento. Foi assim que ele passou toda a noite, pois era impossível dormir pensando que a mulher que ele amava, ao ponto de trazê-la para a Europa com ele, estava apaixonada por outro que estava vindo ficar no apartamento deles. Ele estava triste, magoado e com raiva, tudo ao mesmo tempo. Natasha tinha escondido dele que Edu havia se declarado pra ela e mesmo sabendo disso ela aceitou recebê-lo na casa deles sem dizer nada para Júnior. Será que ela também estava apaixonada por Edu?
   Júnior levantou do sofá no mesmo instante em que Natasha chegou à sala. Os dois sorriram quando perceberam que estavam prestes a fazer a mesma coisa. Natasha foi a primeira a falar.
          - Desculpa Jú. Eu devia ter te contado sobre a conversa que tive com o Edu na festa e devia ter falado contigo antes de dizer que ele podia ficar aqui. Eu só achei que isso não fosse nada demais. Eu pensei  que atravessar o mundo pra estar contigo deixaria claro quem eu amo de verdade,  mas parece que eu me enganei. Vou mandar um e-mail pro Edu dizendo que não vai dar pra ele ficar com a gente.
          - Espera Nati. Eu também quero te pedir desculpa. Eu surtei, porque na verdade ainda é difícil acreditar que tu tá aqui comigo e que tu me ama. Eu passei a noite toda acordado pensando e percebi o quanto eu fui doido e infantil brigando contigo. Eu sou um idiota, desculpa. 
          - Tu realmente é um idiota Júnior, mas é um idiota que eu amo.
   Os dois riram e se beijaram. Um beijo longo, mas diferente dos beijos ansiosos e quentes que trocavam desde quando se reencontraram no Brasil. Era um beijo calmo, tranquilo, intenso. A paixão arrebatadora do início ainda estava presente, apesar de enfraquecida. Mas o amor tranquilo, o amor que que só fica mais forte com o tempo e que dificilmente passa, esse amor era maior que tudo naquele momento. Quando finalmente o beijo acabou Júnior olhou pra ela e disse:
         - Não precisa falar nada com o Edu amor. Ele pode ficar aqui sim.
         - Eu te amo.
   Foi só o que Natasha conseguiu dizer em resposta, antes que Júnior a pegasse no colo e a levasse pro quarto deles.http://weheartit.com/entry/659397

12 comentários:

  1. Apesar de Edu quase acabar com o amor dos dois , o amor deles venceu ! Parabéns , você escreve muito bem ! *--*

    ResponderExcluir
  2. Liindo !
    Adorei o texto e o blog!:D
    Beejo'

    ResponderExcluir
  3. OOI, tem selinho pra vc no meu blog! =D

    ResponderExcluir
  4. toda vez que venho ao seu blog ele está diferente rs* cada vez mais lindo, parabéns.

    http://puro-glam.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo blog, muito bem organizado :D

    http://gustaandrade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Nossa muito lindo o texto, amo coisas assim tão simples que podem até parecer clichê mas que tocam muito o coração!

    Amei o lay do blog, nossa muito muito lindo! Parabéns Gabi :D

    Amei o blog, vou seguir *-*

    Se quiser conhecer o meu blog: http://gabiiem.blogspot.com/
    Eu teria o maior prazer :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Sinceramente adorei :D

    Ainda bem que deu tudo certo, vale sempre a sinceridade.

    Te seguindo, adorei demais o blog *-*

    Beijoos

    ResponderExcluir
  8. amei o texto +1
    o Blog bem organizado :P

    ResponderExcluir
  9. Meus contos sem fala, achei demais o marcador!

    Há sempre algo para atrapalhar o amor, mas se é amor persevera.

    Abraços Imundos!

    ResponderExcluir
  10. o jeito de tu lidar com as palavras e tranforma-las em sentimentos é singelo e puro!
    Parabéns és uma guria de alma!

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*