quinta-feira, agosto 12, 2010

Parte VIII – Curtindo Londres


Now Playing: Canção Noturna - Skank ♪

  tumblr_l6jx8aKu1w1qcge3io1_500_large

   Natasha acordou, e ficou meio perdida até entender que estava em seu quarto. Seu novo quarto. Já fazia uma semana que ela estava morando em Londres, mas quando ela bebia demais – como na noite anterior – ela acordava sem saber onde estava. Ela tentou levantar, mas seu corpo estava pesado e sua cabeça doía. “Malditas festas incríveis de Londres!” ela pensou. Reunindo todas as forças que lhe restavam ela conseguiu levantar da cama e se arrastar até o banheiro para tomar um banho. Quando voltou ao quarto Júnior estava acordado.

- Bom dia baby. – ele disse ainda meio sonolento.

   Natasha só murmurou um “bom dia” quase incompreensível. Mesmo depois do banho ela ainda estava imprestável. As festas de Londres eram espetaculares, mas definitivamente acabavam com ela. Ela se vestiu e foi até o café na rua de cima para comer alguma coisa. Enquanto andava até lá ela observou os lugares e as pessoas que passavam por ela e pensou em como eles era diferentes do Brasil. Sua vida havia mudado radicalmente nessa última semana. Ela nunca fora tão feliz nem nunca se sentira tão em casa. Londres era muito melhor do que ela imaginava.

   Ela estava distraída no café, aproveitando o melhor Vanilla e o melhor muffin do mundo quando seu celular tocou. Era uma ligação do Brasil, o que a deixou intrigada. Atendendo o celular Natasha descobriu que era Edu.

- Oi Nati, tudo bem?

- Edu? Tudo bem sim, aconteceu alguma coisa?

- Não aconteceu nada não, por que?

- Não sei, talvez porque você está ligando pra Inglaterra e isso custa uma fortuna. Aliás, como você conseguiu meu número?

- A Babi me deu. Eu só queria saber como você está, como está Londres?

- Nossa, Londres é incrível. As pessoas são demais, as festas são inacreditáveis, na verdade é tudo perfeito.

- Que legal! E o Júnior, como está?

- Ele tá muito feliz, ele ama esse lugar e nós estamos tão bem que até parece um sonho. Mas Edu, tu vai falir se a gente continuar batendo papo.

- Ok, tu tá certa. Se cuida então.

- Tu também. E na próxima vez que quiser conversar me manda um e-mail. É mais barato.

Natasha desligou o telefone e foi pagar a conta. Quando estava saindo do café encontrou um amigo que a convidou para uma viagem no fim de semana e a distraiu. Já Edu não pôde esquecer o telefonema com tanta facilidade. Ele esperava ouvir que as coisas não iam tão bem ou pelo menos que Natasha sentia falta dele como ele sentia dela. Mas parecia que ela realmente não o amava. Pena que ele não podia dizer mesmo.

1- Então gente, respondendo aos que perguntaram, a história da Natasha não acabou. Vou continuar escrevendo sobre ela até vocês cansarem. rsrs

2- Desativei a seleção de texto aqui no blog. Eu realmente não me importo que copiem meus textos, mas andei encontrando alguns por aí sem os créditos e apesar de ter sido resolvido isso me irritou bastante. Então, como eu não tenho saco de ficar por aí catando meus textos e conferindo se a pessoa teve a decência de dizer que são meus não será mais possível copiá-los. Mas se alguém quiser algum é só pedir que eu envio sem problemas.

3- Dúvidas sobre Layouts e HTML? Pergunte aqui.

10 comentários:

  1. Adorei *-* Agora fiquei querendo saber a continuação ..

    ResponderExcluir
  2. Que linda a história da Natasha, gostei desse Edu *-* awwn, sei lá acho que me indentifiquei com o texto, por isso mesmo uahuah :$
    Enfim, é ruim mesmo quando acabam copiando seus textos, já aconteceu várias vezes comigo isso. Alias, queria lhe perguntar, qual o HTML para fazer uma caixa como essa no fim do seu blog? Sempre me esqueço de perguntar isso nos blogs em que visito. Um beijo, sua escrita é maravilhosa, meus parabéns. <3

    ResponderExcluir
  3. Oi Gabi, eu realmente fiquei sem paciência para ler o texto todo, mas como não falto com os meus "compromissos" não iria deixar de comentar. E o texto anterior, é uma das músicas que eu mais gosto. A Marisa arrasa!

    ResponderExcluir
  4. Adorei a História da Natasha. E obrigada por avisar sobre aqueles textos, é realmente tem muita gente sem criatividade, é tão dificil colocar créditos será? HAHA, mas pelo menos temos a certeza de que quem copiou gostou. Né? HAHA
    Beijos Gabi

    ResponderExcluir
  5. Obrigada mesmo por ter ajudado com o HTML vou postar assim que possível, um beijo!

    Adorei seu blog, a cada dia mais lindo <3

    ResponderExcluir
  6. Ufa! ainda bem que não acabou! Pena que a Natasha já não goste mais dele.

    ResponderExcluir
  7. Gosteei da historia!
    Criativa!
    Coisas que acontecem com agente indepedente de estarmos em Londres ou aqui no Brasil.Indepedente de sermos Edus ou Natashas!
    Parabéens!
    Continue eim!?;D

    ResponderExcluir
  8. Mto legal seu blog,
    Segue lá:
    http://simplismentetudoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. D: Amor incorrespondido, existe algo pior? D: Mas não podemos culpa a Natasha por isso, ninguém pode explicar as coisas do coração, não é mesmo? :x Belo texto, continue assim, você vai longe. :D

    Ah, eu acho que tem uma coisa errada nesse trecho:

    - Nossa, Londres é incrível. As pessoas são demais, as festas são inacreditáveis, na verdade é "tu" perfeito.

    Bjs ;*

    ResponderExcluir
  10. amei seu blog *o*
    passa lá no meu também: www.thetrashyfame.blogspot.com
    se gostar, segue a gente lá *-*

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*