domingo, junho 06, 2010

Fui a entrevistada da 6ª edição do Top Blorkutando, segue aí a entrevista: :  

1-  Primeiramente, quem é Gabriela?

G: Estudante de direito. Libriana com ascendente em capricórnio de personalidade forte e opiniões bem definidas. Apaixonada pelas palavras, pelo rock, pela minha vida, pelos homens e pelas contradições. Mas isso pode mudar a qualquer momento.


2- De onde surgiu a idéia de criar um blog?

G: Eu sempre gostei de escrever, costumava postar textos enormes no meu fotolog, mas ninguém lia. Um dia estava de bobeira na praia e tinha acabado de escrever um texto que até hoje é um dos meus preferidos, aí resolvi criar um blog pra posta-lo e depois disso comecei a gostar de dividir meus pensamentos com estranhos.


3- Como foi à escolha do nome?

G: Sou muito fã do Led Zeppelin e pra mim Stairway To Heaven é uma das melhores músicas de todos os tempos, esse foi o primeiro nome que pensei pro blog, mas não fez muito sentido porque meus textos não levam ninguém pro paraíso. Concluí que na verdade o que eu escrevo não leva a lugar nenhum, então em homenagem ao Led o blog virou Escadaria para lugar nenhum.


4- Qual assunto você mais gosta de escrever?

G: Gosto de escrever sobre mim, sobre o que eu penso, sobre o que eu sinto e sobre as coisas que acontecem na minha vida. Escrever, para mim, é a melhor maneira de me entender.


5- E o tipo de texto que prefere: dissertação, narração ou descrição, contos, crônicas, etc.?

G: Gosto muito de dissertação e crônicas. Não sabia escrever contos, mas agora que estou aprendendo a escrevê-los comecei a gostar.


6- Qual o seu post que você mais gosta?

G: Gosto muito dos primeiros posts do blog, eles são bem “profundos”, conseguem expressar bem o que eu estava sentindo naquela época.


7- Autor de livros e obra admirável em sua opinião?

G: Cara, eu adoro ler então fica difícil escolher um autor só. Sou muito fã de Machado de Assis, Clarice Lispector, Tati Bernardi e Stephenie Meyer. Acho que Felicidade Clandestina da Clarice é um dos melhores livros que eu já li, recomendo.


8- Qual a pior gafe no mundo dos blogs?

G: Acho que o plagio é a coisa mais ridícula que se pode ver em um blog. Pessoas que escrevem usando muito essa linguagem da internet também me irritam um pouco.


9- Qual o pior assunto para se ler em blogs?

G: Eu não tenho muito saco pra blogs tipo diários, com pessoas contando como foi o dia e essas coisas.


10- Seus planos para o futuro, que profissão que pretende seguir?

G: Bom, eu faço Direito e a princípio serei advogada, mas se até o final do curso aparecer alguma coisa melhor isso pode mudar. Gostaria muito de seguir carreira de escritora, mas não sei se tenho talento pra isso.


11- Porque é tão difícil para os jovens escrever sobre temas sérios?

G: Não acho que seja difícil, só que é mais fácil escrever sobre as coisas que vivenciamos e a maioria dos jovens não vive coisas que poderiam render textos mais sérios.


12- O que te irrita profundamente, no geral?

G: Minha irmã mais nova que desconhece o significado de privacidade, pessoas politicamente corretas e a maioria dos jornalistas do Brasil.


13- Se pudesse propor uma nova lei para nosso país, qual seria?

G: Nossa, o Brasil precisa reformular e criar tantas leis que eu não consigo pensar especificamente em uma só.


14- Cotas raciais, sociais ou a extinção do sistema de cotas?

G: Se a base da educação for boa, com professores competentes e bem pagos e alunos interessados ninguém precisa de cotas pra entrar numa boa universidade.


15- Em sua opinião qual é o maior problema do mundo atual?

G: Acho que são as pessoas que tentam resolver todos os problemas do mundo. uahsuas É muita gente preocupada com a fome, com o aquecimento global, com a corrupção, etc. Mas na maioria são pessoas que só querem mídia e dinheiro, na prática não fazem nada de bom nem por elas mesmas.


16- Uma música e um filme que te inspire ou simplesmente goste muito?

G: Música: Stairway To Heaven do Led Zeppelin.

Filme: Closer.


17- Uma pergunta que gostaria de responder?

G: Alguma coisa ligada a atual situação da política ou da música no Brasil.

18- Uma sugestão para o Blorkutando?

G: Acho que temas como acontecimentos atuais em todas as áreas que dessem oportunidade de opinar sobre assuntos do dia-a-dia seriam interessantes.


19 - Uma frase.

G: “Amar grande é gastar reservas e ainda assim ter coragem pra dar o que não se tem.” Tati Bernardi


Rapidinhas:

 - Vida – É o que você faz dela.

 - Morte – Sempre chega.

 - Futuro - Desconhecido.

 - Passado – Não volta.

 - Fé – Em mim.

 - Razão – Me faz falta.

 - Realidade – Necessária.

 - Sonho – Ainda mais necessário.

 - Violência – Sempre vai existir.

 - Paz - Utopia.

 - Blog – Minha válvula de escape.

 - Blorkutando – Inspiração.

 - Gabriela – Contraditória.


3 comentários:

  1. PARABÉNS PELO TOP BLORKUTANDO *-*

    aadorei a entrevista, você tem personalidade forte.
    bjs :*

    ResponderExcluir
  2. nossa adorei suas respostas :D
    li todinhas, vc tem ótimas opiniões.
    parabéns por ter ganho o Top Blorkutando,
    beijooos

    ResponderExcluir
  3. Nossa!
    Parabéns pela entrevista! Você realmente tem uma personalidade riquissíma e forte.
    Ótimo!

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*