terça-feira, maio 04, 2010

Tudo igual.

Estou me tornando repetitiva. Toda frase que eu escrevo parece já ter sido escrita. E talvez realmente todas elas realmente já tenham sido escritas, talvez eu diga exatamente a mesma coisa toda vez que meus pseudo-relacionamentos dão errado. Talvez eu derrame a mesma quantidade de lágrimas, ouça às mesmas músicas e cuspa as mesmas palavras aqui. Porque na verdade é tudo meio igual. Tudo começa lindo e vai me encantando, eu me apaixono e logo já não aguento tanto amor dentro de mim e o amor começa a sair e acaba sufocando quem estiver por perto. Ninguém aguenta viver sufocado, mesmo que seja por amor, eu mesma não aguentaria (se essa coisa de muito amor fosse pra mim). Tudo acaba. E o final é praticamente o mesmo. Mudam algumas palavras e a maneira como são ditas. Mas no fundo é tudo igual. Eu sofro e choro e penso que nunca mais vou ter forças pra tentar de novo. Bobagem. É tudo igual. Tudo passa. Logo eu já estou aqui me enchendo de esperanças e transbordando de amor mais uma vez. É só algum desavisado chegar muito perto e me dar um pouco de carinho e.. FODEU! Lá vou eu de novo encher o coitado com o todo o meu amor acumulado e toda a minha necessidade de ter alguém. E lá vai ele, saindo de fininho antes que não consiga mais respirar. Eu corro atrás dele. Espera aí! Volta! Eu não sou maluca, só não sei amar aos poucos! Volta aqui, a gente conversa, eu tento mudar. Volta vai.. Droga! Já foi. Nem deu tempo de eu explicar que não é minha culpa, que eu queria ser normal, queria amar aos poucos e esperar as coisas acontecerem naturalmente. Mas nunca dá tempo de explicar. É sempre assim, tudo igual.

8 comentários:

  1. Amor demais assusta um pouco se esse sentimento for novo para a pessoa que vc ama.
    Um dia isso muda. vc encontra alguém que tb ame de imediato, e nao aos pouquinhos.

    ResponderExcluir
  2. caara que lindo *-* tudo igual :T ²

    ResponderExcluir
  3. Adorei a tua sinceridade e contemporianaidade (existe?)

    seguindo

    ResponderExcluir
  4. Concordo que muitas vezes é igual. A gente sofre, chora, mas sempre faz tudo de novo. Mas eu acredito que em algum momento vai surgir AQUELE amor que vai fazer você repensar nas coisas entende? ee as paixonites vão ser sempre assim como você descreveu, mas AQUEEELE amor, vai ser único *-*
    Beeeijo'

    ResponderExcluir
  5. Nossa demais seu texto gostei muito mesmo
    parabens
    tchau bjo
    da uma olhada no meu depois se quiser

    ResponderExcluir
  6. só digo uma coisa,que é o que tem faltando pra você: SER CORRESPONDIDA!

    ResponderExcluir
  7. Nossa, que blog lindo, lay perfeito, e suas palavras são magnificas, amei de coração e por isso estou seguindo.
    beijos,

    www.trueslove.blogspot.com/
    gostaria de sua opinião *-*

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*