terça-feira, maio 25, 2010

Sentimento demais.

 Ela era só uma garota que sentia coisas demais. Era muito amor, muita carência, muita esperança, muito medo, muita felicidade, muita tristeza. Tudo assim, misturado. Era tanto sentimento junto que a coitada quase morria sufocada. Para amenizar um pouco ela escrevia. Escrevia tudo o que podia, tentando colocar pra fora o máximo de sentimento possível. Mas isso era muito pouco. Por mais que ela enchesse cadernos e mais cadernos com seus textos mal escritos ela nunca ficava vazia de sentimentos. Certa vez ela chegou a pensar que isso poderia ser um dom. Loucura. Era uma maldição. As pessoas não podiam chegar muito perto, porque aquele sentimento todo era tão sufocante que chegava a doer. 'Como ela aguenta?' era a pergunta que ela mais ouvia. Mas ela não aguentava. Aquilo tudo a destruía aos poucos e ela se mijava rindo ao mesmo tempo que morria chorando e sentia um bem estar imenso ao mesmo tempo que o vazio tomava conta dela. Ela já não fazia sentido. Ela já não era mais ela mesma. Ela era os sentimentos, todos eles juntos, competindo e enlouquecendo. Ela se isolou. Dentou fugir deles, mas descobriu que é impossível fugir de si mesma. Ela agonizou sentindo aquilo tudo até o fim. Um fim que ela finalmente não sentiu. Mas quando esse dia chegou, quando os sentimentos se foram e não havia nada mais para sentir ela já não estava mais lá. Não restava mais nada. E só então ela percebeu que não há vida sem sentir e que se ela tivesse encontrado alguém para sentir com ela tudo teria ficado bem

2 comentários:

  1. Fala bem do egoísmo das pessoas, as vezes indiscreto, mas é assim...
    Que mais....
    Chorei pô!

    ResponderExcluir
  2. Que perfeito *-* Lindo seu blog, estou seguindo.

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*