domingo, maio 16, 2010

Minha vida.

Acho no mínimo engraçada a maneira como as pessoas tratam questões extremamente difíceis como se fossem coisas corriqueiras. Por exemplo, se alguém chega no msn e me pergunta, 'e aí, tudo bem?' eu raramente respondo a verdade, porque nunca está tudo bem. Mas né, eu não vou despejar em cima da pessoa todas as merdas que aconteceram no meu dia, então me limito a responder um 'aham'. A mesma coisa acontece quando vem um parente chato que eu vejo uma vez na vida e outra na morte e pergunta 'Mas hein guria, como tá a vida?'. CARALHO! Eu podia passar uma semana respondendo em não chegaria a lugar nenhum. Na verdade eu provavelmente seria internada no segundo dia. Minha vida é normal. Eu acordo todo dia quatro horas antes do que eu gostaria, vou pra faculdade pra fazer um curso que às vezes eu acho a melhor coisa do mundo e às vezes faz eu me perguntar o que diabos eu estou fazendo lá. Depois eu passo a tarde vadiando porque eu não tenho um emprego e nem tenho dinheiro pra fazer academia. Não, eu não estudo, porque eu não tenho vocação pra nerd. Como é a minha vida? Tá do mesmo jeito que a de todo mundo. Tem coisas que eu amo, tem coisas que eu odeio, tem coisas que eu não tô nem aí. Tem dias que eu acho minha vida maravilhosa porque eu tenho amigos fodas, porque eu estudo numa faculdade que eu curto, porque eu não estou na TPM. Mas tem dias que eu acho que tá tudo errado e penso em sumir da minha vida. Acho que eu nunca vou estar completamente satisfeita e isso é bom por sempre me fazer buscar mais. E se os astros, a minha TPM e as pessoas irritantes a minha volta colaboram eu tenho dias bem legais até. Mas o mais importante é que ao meu ver não poderia ser muito diferente disso, porque ninguém tem uma vida extraordinária, por mais que a grama do vizinho sempre pareça mais verde. Todo mundo às vezes toma um pé na bunda, acorda se sentindo feio, não tem vontade de fazer porra nenhuma,  acha que tá tudo errado no mundo e pensa 'Ah, se a minha vida fosse como a do fulano, aí sim eu seria feliz!'. O importante, pelo menos pra mim, é que esses dias não são maioria. Tem dias que qualquer bobagem me deixa com um baita sorriso no rosto. E como já disse o mestre Gonzaguinha "Sempre desejada, por mais que esteja errada. Ninguém quer a morte, só saúde e sorte. E a pergunta roda e a cabeça agita. Eu fico com a pureza da resposta das crianças... é a vida, é bonita e é bonita!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*