quinta-feira, março 04, 2010

Desamor.

9ed475c4af8c61ddf178baa18a56d6c0df4368a4_m_thumb
Ver um amor nascer é lindo, viver o nascimento de um amor é mágico. Aquela coisa de se apaixonar por cada detalhe, se encantar por cada gesto, flutuar a cada palavra dita. É tudo incrível, uma sensação única que todos devem sentir pelo menos uma vez na vida. Após o nascimento vem o fortalecimento desse amor, junto com a consciência que a pessoa amada não é perfeita, e a certeza que suas imperfeições a fazem única. Essa é a fase mais intensa do relacionamento, tudo é muito verdadeiro, muito forte. Acho que a felicidade alcançada nesse ponto não se compara a nenhuma outra. Os momentos bons são memoráveis, as brigas tornam as coisas mais interessantes. Nem tudo são rosas como no começo, mas não existe problema capaz de acabar com a felicidade mútua que domina os dois. Porém tudo que nasce tem que morrer um dia. É a lei mais básica da vida. Às vezes temos a sorte de ver um amor durar mais que a própria vida, mas em outras ele se vai enquanto ainda estamos aqui. E não há nada mais triste que ver o amor partir. Por vezes tentamos nos enganar e ignorar a ausência dele, mas não passa de ilusão. Definitivo como a morte, um desamor sempre nos deixa um buraco na alma e a sensação de que falhamos. É difícil olhar para uma pessoa amada anteriormente e não sentir absolutamente nada. O nosso corpo busca os vestígios do amor passado, mas nada encontra. O coração não acelera, a vontade de abraçar e não largar mais nunca vem, nem o desejo dá as caras. Ficam ali apenas duas pessoas tentando entender como tudo se perdeu dessa forma. Bom, da mesma forma que não se sabe o que faz um amor nascer, é difícil dizer porque um dia ele se vai. Cabe a nós torcer para que ele se vá depois de nós ou então aproveitar as boas lembranças que ele deixa. Porque um amor de verdade não deixa mágoas quando acaba, nem tristezas e arrependimentos. São coisas da vida para as quais não estamos preparados, é algo que não podemos prever. Então devemos aproveitar ao máximo as duas primeiras fases do amor, para que ele deixe muitas lembranças boas caso um dia tenha que ir.

16 comentários:

  1. O amor e suas fases...ah,o amor!
    bj

    ResponderExcluir
  2. Se você não aproveitou parece que na teoria aprendeu a lição, tenho certeza que de ontem em diante passará a aproveitar!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. O amor é como uma arvore, tem de ser cuidado para dar seus frutos. agora quanto "E não há nada mais triste que ver o amor partir." eu descordo porque para cada um a coisa funciona de um jeito, eu sofri pakas quando ele disse adeus!

    ResponderExcluir
  4. A verdade, é que o amor é diferente da paixão. Pois ao contrário da paixão, que é finita, o amor verdadeiro não se acaba jamais, apenas se converte em carinho amigável (quando na ausência da paixão).
    Por isso que ainda amo todas as minhas paixões antigas. Amor sem paixão.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Tudo passa. Uns mais rapido outros mais devagar.
    Amores vem e vão... mas as melhores lembranças ficam.
    amei! ^^

    ResponderExcluir
  6. 'sofri' um desamor há algumas semanas :s
    pra mim ficaram os melhores momentos, já pra ele não foi bem assim. Primeira pessoa que vejo pensar que o amor não deixa de ser verdadeiro prq não foi pra sempre. o/
    Lindo o texto. vou te seguir. beijão

    ResponderExcluir
  7. Desamor é perder a vontade de viver e continuar vivo. Em alguns casos... :)
    Blog lindo!

    ResponderExcluir
  8. Concordo, pois as lembranças são muito mais que saudades, são fatos dos momentos bem vividos.

    ResponderExcluir
  9. Para uns, amores vem e vão. Para outros, o amor é único e só acontece uma vez. É preciso prestar atenção aos sinais que a vida dá; o amor é lindo e deve ser vivido em sua plenitude.
    As lembranças são o doce que ficou guardado em nós.
    Seu blog é lindo, parabéns!
    x)

    ResponderExcluir
  10. É verdade, devemos aproveitar ao máximo enquanto ele está ai, suas primeiras fases são ótimas.
    Adorei seu blog, de verdade.
    E se não fosse você dizendo para mim fazer um segundo texto da Roxane eu não iria fazer, UAHUAHUAHAUHAA, obrigada, vou te seguir!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. já to seguindo voce, amei o post !
    me segue tb ?
    http://sonhandodesaltoalto.blogspot.com/


    beijo ;*

    ResponderExcluir
  12. O seu blog está lindo ! PARABÉNS Õ/

    Seguindo o seu blog, segue o meu? :)

    DE INVERNO A VERÃO: http://www.deinvernoaverao.blogspot.com/

    Bjz, agradeço desde já a colaboração.

    ResponderExcluir
  13. Guria, que lindo esse texto, GENIAL. bjoka

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*