terça-feira, fevereiro 09, 2010

Momento nostalgia.

Hoje me perguntaram no FORMSPRING se há alguém se quem eu sinto muita falta e eu confesso que tive que resumir a resposta pra não ficar muito grande. Porque a verdade é que eu sinto falta de uma quantidade absurda de pessoas e coisas e momentos. Eu posso parecer muito nova pra me sentir nostálgica, e talvez eu seja mesmo. Mas aquela história de olhar pra trás e pensar ‘Eu era feliz e não sabia’ é super comum. É difícil identificar a felicidade no momento em que ela acontece, entretanto os nossos problemas momentâneos sempre parecem os maiores e piores do mundo. É a nossa tendência ao drama. Mas voltando ao meu momento nostálgico, é incrível como eu sinto falta do passado. De amigos, do tempo em que eu estudava no Nilo, da escola (que acabou há poucos meses).. Sinto faltas de garotos que passaram, de momentos vividos. Sinto falta da inocência típica da infância, e de ir pra todos os cantos com a Delittus. Eu sinto falta de quando os meus maiores problemas do mundo não envolviam tantas responsabilidades, e minhas decisões não tinham poder pra modificar o meu futuro. Sinto falta de quando os caras que não gostavam de mim realmente não gostavam e não tentavam se aproximar como amigos. Eu sinto falta de quando o amor e os relacionamentos eram mais simples, mais intensos e mais verdadeiros. E de quando a minha mãe me pegava no colo e me dava uma mamadeira cheia de leite com açúcar pra eu não ficar mais triste. Sinto falta da época em que eu não esperava que o futuro viesse para apagar o passado, e eu não precisava esperar que o tempo passasse pra ver como é bom ser feliz por um momento, nem que seja um momento um tanto triste e nostálgico.

7 comentários:

  1. É, as vezes vale a pena esquecer o passado, as vezes é o passado bem vivido que nos dá força pra viver um futuro melhor. Parece que problemas sempre existirão, pequenos ou não, então nos cabe querer viver sempre um futuro melhor, cheio de momentos felizes.

    ;]

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Ahh parar pra pensar no passado sempre gera isso a tão poetica 'nostalgia', realmente a gente é feliz e as vezes não sabe, não aproveitamos realmente TUDO q se deve aproveitar por não saber q tais momentos fariam tanta falta, mas é a vida e ñ ha nada a fazer a ñ ser aproveitar o hoje pra termos boas lembranças dele pra nos recordarmos no futuro e mais uma vez ficar com saudade =/

    bju grande pra ti for :D

    ResponderExcluir
  3. ahhhh adoro a Dellitus hehe finalmente encontrei alguem q gosta e conhece tbm kk ;D

    ResponderExcluir
  4. é a nostalgia nos pertence, pois o passado sempre é presente, a saudade persistente, e o futuro sorridente pra novamente e nostalgicamente vir nos pertubar...

    =/
    LINDO post Flor'
    bjim.

    ResponderExcluir
  5. Parece até que esse texto foi escrito por mim de tantas coisas que coincidem UASHDAUSHDA estamos na mesma fase da vida suponho: escola acabou e estamos soltos na vida :/ é comum sentir falta do passado :(

    ResponderExcluir
  6. Ahh, se a gente pudesse voltar no passado..
    reviver todos aqueles momentos, que agora nos fazem sentir tanta saudade.. :/

    ResponderExcluir
  7. nunca parei pra pensar que já houve uma época em que eu não esperava que o futuro chegasse logo pra apagar o passado. mas lendo o que você escreveu, deu pra lembrar da época em que o tempo não era tempo. era uma época em que 'tempo' não existia. e ele não tinha a responsabilidade de curar nada. ah que saudade desse tempo sem-tempo...

    beijos

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*