quinta-feira, janeiro 14, 2010

Um ano!

Acabo de perceber que o blog fez um ano ontem. Quer dizer que há um ano atrás eu resolvi dividir com o mundo todas as bobagens que passam pela minha cabeça. Tudo bem que nos primeiros meses só o meu melhor amigo sabia que isso aqui existia. Mas depois que comecei a divulgar, as pessoas passaram a ler e elogiar e se identificar. Eu acho isso demais, porque eu adoro ler e sei como é bom quando encontro nas palavras das minhas autoras preferidas, como a Tati Bernardi ou a Clarice Lispector, tudo o que eu queria dizer. Não que eu esteja me comparando com a Tati ou com a Clarice, porque não teria nem graça. Mas quero dizer que é bom provocar nas outras pessoas os sentimentos que ambas provocam em mim. Escrever me proporciona um prazer indescritível e eu acho que nunca vou conseguir parar. Porque sempre que eu sinto algo as palavras começam pipocar rapidamente na minha cabeça implorando pra que eu coloque os sentimentos pra fora e permita que o mundo veja um pouco mais de mim. Sou apaixonada pelas palavras porque elas revelam muito da nossa alma, por isso escrever pra mim é um processo de auto-conhecimento. E todas as 1002 pessoas que passaram aqui desde julho do ano passado (data que comecei a divulgar o blog e contar visitas) participaram do meu auto-conhecimento, acompanharam os meus dramas, as minhas loucuras, alguns porres. Então hoje eu quero agradecer a todos pelas vistas, os comentários, os elogios, os conselhos, etc. Não vou dizer que sem vocês o blog não existiria porque eu estaria sendo hipócrita, eu escrevo porque preciso escrever para que eu me compreenda e possa resolver meus problemas. Mas confesso que a participação de todos que passam por aqui torna as coisas mais interessantes e faz com que esse auto-conhecimento seja ainda mais prazeroso. Então que venham muitos anos e que cada vez mais pessoas passem por aqui e se identifiquem com minhas decepções, minhas alegrias, minhas loucuras.
Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. Não sou pretenciosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando.”
- Clarice Lispector

3 comentários:

  1. É tão legal essa sensação que aparece quando chegamos a um ano de blog. Lembro de como me senti quando a Caixa completou um ano (nossa, já vai para o segundo O__O ) kkkk xD

    Que venham muitos anos, sempre melhorando (por que o melhor de tudo é olhar para trás e ver como foi a evolução no decorrer desse tempo).

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. mal vejo a hora do meu completar um ano!
    meu bebê tá crescendo *-*
    haushuashuashu

    parabéns e que venham muitos mais!
    beijoo

    ResponderExcluir
  3. "Ás vezes a vontade de exteriorizar algo é mais forte e algo tem que sair, mesmo que sejam palavras sem nexo, mas nunca deixam de ser palavras que combinadas entre sim algum nexo hão-de ter!"

    Continue, pois eu estarei por aqui!

    Parabéns!

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*