quinta-feira, janeiro 28, 2010

E eu não sei mais o que fazer com tanta saudade. A tua ausência aqui deixou um buraco em mim. Um buraco escuro e frio que só faz aumentar com o passar dos dias. Você se foi e não me deixou nada além do vazio. É só isso que eu sou agora: vazio. A pior parte é que eu acreditei que seria diferente, mas acabei me dando conta de que só será diferente quando eu mudar. Porque talvez ninguém consiga suportar por muito tempo a minha loucura e a minha chatice. Eu tenho que aprender a não gostar tanto e não demonstrar tanto e não sugar tanto.
O meu problema é que eu tenho medo de que um dia tu simplesmente não esteja mais ali, porque é sempre assim, um dia todos cansam, vão embora e eu fico aqui sozinha, me sentindo toda oca por dentro e tentando entender por que todos eles se cansam, por que eu não posso ser a garota do comercial de margarina pelo menos uma vez, só pra ver como é.
Eu sufoco e te prendo porque eu sei que logo tu vai enjoar e vai lá viver a tua vida na qual eu não me encaixo. É só por isso que eu pareço louca implorando por ti, porque eu preciso me encher de ti pra morrer devagar quando tu for. Então volta aqui e me abraça bem forte e não fala nada pra eu poder gravar esse momento e te guardar em mim até que apareça outro pra preencher o meu vazio.


19/01/2010
P.s. Esse é um dos textos que escrevi na praia.

Um comentário:

  1. Pois saiba que esse medo talvez seja bem comum. Me senti assim no começo, com medo de perder e acabar no 'como sempre todos enjoam'... porém, podemos nos enganar um dia. Não acha?

    ^^

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*