quarta-feira, dezembro 30, 2009

O passar do tempo, as mudanças e a minha vida.

A primeira década do século já está acabando e eu paro pra pensar em como ela passou rápido. Meu Deus, parece que em dez anos eu cresci mil. Foi um período de transições muito grandes na minha vida. Há dez anos atrás eu tinha sete anos, estava na segunda ou terceira série e minha vida se resumia a colecionar figurinhas e tentar impressionar as patricinhas do escola. Eu fui crescendo, outras escolas vieram e eu me dei conta que ser a patricinha do colégio é a coisa mais sem graça do mundo. Hoje aquelas garotas que eu meio que idolatrava no começo da década me parecem tão idiotas, com suas idéias completamente fúteis e sem noção. É como se aquele tempo pertencesse a uma outra vida ou qualquer coisa assim.
Me impressiona ver como minhas idéias, vontades e sentimentos deram uma guinada imensa em apenas dez anos. Hoje eu já ligo bem menos para as opiniões alheias, procuro me preocupar mais com o que é importante pra mim e dou mais valor para as coisas que vêm de dentro. Porque o superficial é facilmente esquecido e deixado de lado, como as patricinhas que eu idolatrava na minha infância. Foram muitas coisas novas, algumas boas outras nem tanto, mas parece que ao longo do tempo tudo fica um pouco mais intenso. Porém, mesmo que a fase passada seja hoje tão distante, muitos conceitos que eu defendo hoje foram formados lá atrás e só se fortaleceram com o tempo.
Em dez anos eu passei por diversas transformações que construíram quem eu sou hoje e que me servirão de base para a próxima década. A escola acabou e apesar de sentir certo alívio, eu sinto também muito medo por saber que as novas responsabilidades serão mais sérias e os problemas não se resolverão mais com as boas desculpas que eu usava para enrolar as professoras. O futuro que se desenha a minha frente faz com que eu me pergunte se todas as décadas serão períodos de grandes transições assim. Será que todas as transformações serão gigantes e assustadoras ? Será que o futuro nunca será uma certeza ?
São muitas perguntas que ficam sobre a próxima década e todo o resto da minha vida. São sonhos e planos que podem se concretizar ou podem mudar tanto nos próximos 365 dias como nos próximos dez anos. O tempo corre e conforme ele vai as respostas para essas perguntas vão aparecendo, no passo em que surgem novas dúvidas para as próximas décadas. A única certeza que eu tenho é que há algo novo para descobrir a cada dia. Tudo é muito relativo para que se faça previsões sobre como serão os próximos anos, então eu só peço que todos encontrem alguma forma de amor nessa longa jornada e que ao encontrá-lo tudo fique mais calmo para que possamos saborear cada nova descoberta até que muitas décadas se passem e o ciclo da vida se feche. O fim do ciclo provavelmente não será o fim das dúvidas, mas eu acredito que ele torne as coisas mais interessantes. Pelo menos é por isso que eu espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*