segunda-feira, novembro 16, 2009

.

Depois de algumas leituras interessantes e minha dose diária de chocolate me dou conta de uma coisa importante: nenhumas das minhas aflições adolescentes realmente importa. No futuro todos esses “problemas imensos” não passarão de histórias para lembrar e dar boas risadas. Algo como sentar com um cigarro e pensar sobre como somos tolos quando jovens. Cada lágrima derramada deixará a marca de algo a ser lembrado, nada mais que isso. Porque o tempo cura qualquer uma das feridas da vida. Tudo passará se você permitir que a vida siga seu curso. E é inútil tentar mudar o rumo da vida, porque é ela que nos guia e é assim que deve ser.
Sendo assim, não vale a pena sofrer por sentimentos banais. E todos os sentimentos serão banais até que você se dê conta de que o que sente é tão forte que supera qualquer outro sentimento, seja ele paixão, tesão, carinho, fascinação, etc. As banalidades são importantes pra construção da vida, mas não devem tomar lugar de honra em nossos mundos. Então, eu deixo as coisas assim e aumento a música. Deixo o amor para os poetas como Chico Buarque, pois eu nasci pra cantar tristezas.

2 comentários:

  1. Adoro teu blog. Só não gosto dos teus "descontentamentos" com a vida. hehehehehhe.. um minuto tudo são flores, no outro, tudo vira razão, mas não razão de "vou usar + a cabeça que o coração", e sim, razão como quem diz "vou parecer forte, vou esconder tudo de todos, pois assim, ninguém saberá o que realmente se passa comigo".
    Eu acho isso, mas não sei os demais que passam por aqui. hehe

    E quanto aos sentimentos banais, tenho uma amiga minha que é psicológa, que diz que tudo, mas TUDO que acontece, desde quando tu é criança, até a fase adulta, influencia na formação do teu carater, do teu ser...
    Então não ache que esse sentimentos são tolos ou coisa do gênero.. se tem algum que agora não te faz bem, procure muda-lo, dar outro rumo a ele. Quem sabe, essa não é a tua chave?
    hehehe

    ResponderExcluir
  2. com todo esse sofrimento banal da adolescencia é que crescemos, aprendemos a seguir com nossas pernas. Cair e levantar faz parte. :D adorei aqui.


    - seguindo aqui

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*