quarta-feira, outubro 21, 2009

Não tem título.

Deitada aqui na minha cama, debaixo desse sol insuportável e sentindo as lágrimas (finalmente) caindo eu me dei conta de que eu só queria mesmo uma coisa: que tivesses cruzado o meu caminho antes, pra que eu tivesse tido a oportunidade de te ter pra mim. A oportunidade de criar pra nós um futuro diferente. Porque por mais que as coisas sempre sejam mais difíceis quando se trata desse nós meio confuso, você nunca deixará de ser o que eu quero. Mesmo que você seja cheio de defeitos e tenha me feito chorar milhares de vezes, eu queria sinceramente que todos os meus sorrisos fossem somente teus daqui pra frente. Assim como eu queria poder ser tua, única e exclusivamente tua por toda a eternidade. Eu entendo teus motivos, teus medos e tudo mais. Mas eu não posso negar o meu desejo de que tudo seja diferente. Essa vontade de te ter aqui que me consome dia após dia. Porque mesmo que você de certa forma esteja aqui, ainda parece que falta alguma coisa. Como se minha vida só fosse estar completa com você aqui junto de mim. E bem, pode ser que esse não seja o seu desejo também. Na verdade seria completamente compreensível se não fosse, mas eu confesso que consigo ser egoísta o suficiente pra desejá-lo mesmo que não me queiras. Pode ser que um dia, num futuro distante, as coisas acabem dando certo e venha finalmente uma história de verdade pra nós dois. Uma história livre de mentiras, de desconfianças e que deixe tudo no passado. Um começo feliz para algo que eu não espero que tenha fim. Pode ser que esse nosso sentimento sem nome cresça e se torne o amor mais lindo do mundo. Ou talvez chegue o dia em que nem lembraremos que isso aconteceu um dia. Eu aposto na primeira opção por um motivo bem simples: é impossível que eu me esqueça de algo com isso que temos. E bem, quanto aos seus medos e tudo mais, eu gostaria de ter uma chance de mostrar que relacionamentos podem (e devem) ser diferentes, leves e divertidos. Mas essa escolha já não cabe a mim. O que eu posso fazer é dizer que estarei aqui sempre, torcendo por nós e esperando que a vida resolva me dar uma chance pra tentar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*