domingo, outubro 04, 2009

Acreditar.

Eu procurei em todos os cantos uma explicação, porque tudo que existe tem de ter uma explicação. Mas a explicação não veio, porque não há explicação. E aí eu me perguntei se a ausência de explicação significava que não era verdade. Essa ideia me perturbou por um tempo, até eu entender que por mais que eu tente (e eu tento) certas coisas jamais serão explicadas. Ou talvez até já foram, mas essa explicação está muito além de nossas percepções rasas. Mas bem, independente do que possa ser dito, nada e nem ninguém irá me convencer que isso não existe. Porque essa coisa boa que me aquece o corpo, alenta a alma, acelera meu coração e me deixa leve pra flutuar por aí existe tanto que eu chego a vê-la. Ela está ali no meu reflexo radiante no espelho, nos meus sorrisos bestas no meio da tarde e aqui, nas minhas palavras sinceras vindas de dentro da alma. A mesma alma que pertence te pertence e te procura desde o princípio dos tempos. E se minha alma diz ser verdade eu acredito. E acreditando eu vou lutar por isso até o meu último suspiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*