segunda-feira, setembro 07, 2009

E tudo pode mudar num segundo.

Ouvindo Maria do Relento agora me bateu uma saudade do passado. Tipo momento nostalgia saca ? É engraçado, porque nem quando eu era criança as coisas eram simples, mas mesmo quando era complicado era bom. Quando bate essa saudade do passado eu sempre me pergunto se não errei em algum momento do caminho. Porque às vezes, uma escolha errada pode mudar completamente o rumo das coisas. Por menor e insignificante que possa parecer essa escolha. Talvez eu tenha errado mesmo, e errado feio. Mas sinceramente não consigo me ver agindo diferente quando olho pra trás. Pelo menos não onde cabia a mim escolher o caminho certo. Talvez escolhas diferentes tivessem me trazido problemas diferentes, mas não acredito que me traria menos problemas. Porque eu não acho que eu tenha passado por alguma coisa que eu não merecia ou que eu não tenha procurado. E eu sei que analisando todas as probabilidades, as coisas não poderiam estar melhores.
Eu mudei muita coisa na minha vida, abri mão de algumas, briguei por outras, joguei muitas no lixo. Nenhuma mudança foi fácil, porque mudar nunca é fácil. Mas todas as mudanças foram boas, ou pelo menos trouxeram consigo algo de bom. Eu não tenho muito saco pra essas coisas que se mantém sempre do mesmo jeito por comodismo. A minha vida é uma montanha-russa, cheia de altos e baixos, mas nunca parada. E eu acho que é isso que atrai tantas pessoas diferentes e de maneira inesperada. Porque mesmo que as coisas tendam a permanecer onde estão, as pessoas se sentem atraídas pelo novo. E não é apenas pela novidade. É porque tudo na vida cansa um dia. Tudo tem prazo de validade, a diferença é que algumas pessoas prolongam esses prazos por pura preguiça. Ou por medo. E é isso que algumas pessoas não entendem em mim. Eu mudo o tempo todo. Mudo de opinião, de vontade, de gostos, de amores, de inimigos. O meu mundo nunca para de girar. E se algumas pessoas acabam desviando de seus cursos monótonos para me seguir não somos nós os errados. Errados são aqueles que se prendem a certas situações apenas por temer o novo. Ficam estagnados vivendo num mundinho retrógrado e sem cor. Por mim também tanto faz, eu deixei de me preocupar com os outros há muito tempo. Só não me venham com cobranças ou lições de moral. Da minha vida sei eu. E eu sou feliz assim, não pretendo mudar. Que mudem os outros, ou então, que se afastem de mim e me esqueçam.




“Faz tempo que cheguei. Não dá pra imaginar por tudo que eu já passei e onde fui parar. É difícil entender, mas eu gosto daqui, não sei se quero mais voltar.”

Um comentário:

  1. no passado as coisas eram simples porque a gente nao entendia TUDO o que se passava em nossa volta. E os adultos nos escondiam certas coisas tambem. problemas é uma coisa que SEMPRE vamos ter, indiferente das escolhas pq so assim nos aprendemos :T
    bom tudo tem seu lado bom e ruim. as mudanças tambem.
    lindo post (:
    e eu adoro essa musica *-* se cuida moça (;

    xoxo.

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*