domingo, julho 05, 2009

Um misto confuso de nada.

Acabei de notar que meus últimos textos têm tido uma citação recorrente, whisky e cigarro. Isso é fruto de uma abstinência forçada de ambos (cigarro porque eu não posso fumar e álcool porque tem faltado oportunidades). Pode ser meio chato, mas olhem pelo lado bom, pelo menos eu ainda não comecei a falar de sexo.
Na verdade nem era sobre isso que eu pretendia falar. Eu resolvi escrever simplesmente pra comentar o fato de o meu dia ter sido (milagrosamente) muito engraçado. Claro que pra algumas pessoas pode não parecer, mas pra mim a ideia de semear a discórdia entre as pessoas parece muito divertida. Tá, não tão divertida. Mas é um bom passatempo quando não se tem nada melhor pra fazer. Acho que o meu problema de mau humor crônico acontece porque eu estou excessivamente sóbria. Mas tudo isso vai passar se meus novos planos pro futuro derem certo. E eu sei que de um jeito ou de outro eles vão dar. Tá, o momento planos e frustrações já passou, não vou falar disso. Até porque as minhas ideias kamikazes me distraíram um pouco do meu poço de lamentações. Acho que todo mundo deveria ter um melhor amigo que nem o meu, que atura meus momentos pseudo-cult, meus surtos psicóticos e minhas paixões não-convencionais. E recomendo também os meus inimigos, porque eles são mais que divertidos.
Eu pensei uma coisa agora, já que ódio e amor são sentimentos tão próximos e parecidos, qual a grande diferença entre amigos e inimigos ? Eu acho que os amigos convivem mais com a gente, então conseguem achar os nosso defeitos divertidos, portanto, aceitáveis. Enquanto os inimigos normalmente estão mais afastados, e não nos conhecem tão profundamente, então acabam achando certas coisas em nó erradas e inaceitáveis. Faz sentido né ? Tá, não faz. Mas foda-se, eu acho que nada do que eu falei faz sentido mesmo. Eu nem deveria postar essa merda, mas meus textos tão ficando ruins mesmo, e eu tô num momento de mega bloqueio criativo, então não fará a menor diferença.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*