domingo, julho 26, 2009

Tu não presta Gabe!

Ele vem e me olha todo cheio de sorrisos e segunda intenções, eu dou um sorrisinho amarelo e saio de perto. Ele insiste, contando que é seu dia de sorte e que ele vai me pegar. Eu enrolo e me faço de louca, afinal eu dei corda pra ele. Mas eu não quero, porque ele tá longe de ser o tipo de cara que me atrai. Ele não é feio e até que é bem legal, mas não tem aquela coisa mais que eu tô sempre procurando. Eu sei que ele tá afim e cheio de esperanças, e sei também que em partes é minha culpa. Mas eu só tô tentando achar um jeito educado de dizer meu querido, que não tô afim de ficar contigo, porque tu é meio sem sal; adora ficar fazendo piadas e eu odeio tipinhos metidos a humoristas. E ai, eu odeio esse teu jeito de mostrar que sabe quem eu sou e sabe o que eu já fiz mas não vai dizer pra tentar se dar bem também. Entendeu agora ? Eu só sou simpática e educada. E aquele dia lá que eu te dei bola, ah, aquele dia era domingo e domingos me deixam deprimida e carente. Mas depois que tu ficou todo feliz achando que tinha me ganhado com esse teu papinho, chegou a madrugada, aí já não era mais domingo e eu encontrei alguém que eu não quero só quando bate a carência. E no outro dia eu tive uma tarde ótima que acabou com todos os meus problemas. Exceto você que agora fica aí achando que eu tô super afim. Que saco isso!
Eu olho pra ele mais uma vez e tento reconsiderar, digo pra mim mesma ‘Ah, ele é legal Gabe, dá uma chance pra ele’. Aí eu olho pra minha lista de contatos do msn e vejo o meu mais novo homem ideal pra nunca casar, mas nunca largar e corro pra falar com ele. E o outro continua lá com aquela cara de cachorro pidão. ‘Ah, ele é legal Gabe, dá uma chance pra ele’. E o meu novo “amigo” me responde com aquele jeito incrível que só os caras que não valem nada e são comprometidos sabem responder. Eu me derreto toda e sonho com o nosso próximo encontro. Ele é legal, e faz eu me sentir bem. É lindo e muito bom em tudo. O tipo de cara que me deixa de perna bamba só de me olhar. E o outro lá, coitado, é aquele cara que vira teu melhor amigo querendo te comer e continua na mesma o resto da vida. Sim, ele é legal. Mas eu não gosto de caras legais. Não só legais. Eu olho mais uma vez e acabo sentindo pena, porque ele vai passar a vida achando que eu tô me fazendo de difícil. Se ao menos ele soubesse que eu só me faço de difícil quando eu não tô afim. Eu penso nele por alguns segundos. Mas logo depois meus pensamentos vão pro meu novo “amigo”, que é muito melhor que o do ano passado. E que não quer nada comigo e com quem eu também não quero nada, quase nada. Mas ele é um daqueles caras inevitáveis. E é o meu tipo de homem. Nessa hora eu olho pra mim e digo ‘Tu não presta Gabe’, dou um sorriso e me respondo ‘E daí ?’. Eu viro pro lado e durmo sonhando com um príncipe encantado que fica comigo até de manhã e aí volta pro castelo pra ficar com a princesa.

3 comentários:

  1. levei um sustão quando abri aqui e li o título de relance! sério. oskpakpaksopask

    aaaaaaaai eu nao presto tbm gabe! e agora?
    ligar o foda-se né? (acho que é mal de nome :O)

    ResponderExcluir
  2. Ah homem sem sal é o fim mesmo! AUSHAPSÇ' e por incrivel que pareça as mulheres se sentem atraidas por caras que não valem nada, desprezando os fofos, bonitinhos. É, eu sou assim também OSKAPSL' problematicos me atraem e não tem jeito. Mas mesmo assim eu acho que tu devia dar uma chance pra ele! -qq OAKSAPSL' beijos amor:*

    ResponderExcluir
  3. Homens problema sempre nos atraem... Não tem jeito... Hhehee
    Amei teu post Amigaa!
    Tu escreve muiiiito bem, sabia??
    Saudades demais de ti...
    Minha amiga e futura escritora... =*

    ResponderExcluir

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*