sábado, junho 27, 2009

O que você vê quando se olha no espelho ?

Muitas pessoas se julgam tão superiores que parecem acreditar que seus erros não os atingem. Outras imaginam nunca errar, como se fossem boas demais pra isso. Mas piores são aquelas que inventam a sua verdade e só reconhecem ela como se fosse absoluta e definitiva. Eu particularmente não tô nem cagando pra nenhuma dessas pessoas. Acho blasé demais essa história de verdade, sinceridade, fidelidade e variações. Eu me preocupo comigo, e com o que eu faço da minha vida, porque é a mim que eu deverei prestar contas caso algo saia errado. Porque você pode passar a vida se escondendo do mundo, com medo de se mostrar, mas você não pode fugir de quem você é. Um dia você tem que se olhar no espelho, e ele mostrará quem você é realmente, sem máscaras, sem mentiras, sem medos, sem proteções. E se você não gostar do que estiver refletido ali, se você não conseguir olhar para o que você se tornou com a cabeça erguida e a certeza que tentou de tudo e isso é o melhor de você e esse melhor é algo bom, você não tem nada. Há algo maior, superior a tudo isso aqui, onde as máscaras são inúteis. E pior que isso, por mais que você possa enganar o mundo todo sobre quem você é, ninguém consegue se enganar (por mais que passe a vida tentando). Um dia todo mundo tem que parar de fugir e olhar pra dentro de si, e se você não conseguir fazer isso, de que valeu a sua vida ? É por isso que eu só sou fiel à apenas uma pessoa nesse mundo: EU. Porque sou eu que vou ter que me olhar no espelho e conviver com essa imagem todos os dias. Sou eu que vou ter que avaliar o que valeu a pena e o que não valeu. O que foi erro e o que foi acerto. É a minha vida, o meu auto-julgamento, a minha auto-punição. Eu nunca abriria mão de ter orgulho do que eu vejo no espelho apenas para agradar alguém que provavelmente sente vontade de vomitar ao ver o seu reflexo. Realmente existe o dia do juízo final, mas quem julga é você e nesse julgamento não há como mentir, nem omitir. Cada um que encare a vida como achar melhor, mas não esqueça que no final todo mundo termina sozinho e o que realmente vai importar é o que você fez por si próprio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*