sexta-feira, março 20, 2009

Decepção.

Decepção. Talvez um dos piores sentimentos que existe, porque para odiar alguém não são necessários motivos, nem sentimentos anteriores. Desprezo também não requer nenhuma dessas características. Mas para decepcionar alguém é preciso que se crie expectativas, é impossível se decepcionar com alguém a quem se era indiferente. Decepcionar alguém que nos considerava algo importante, é como matar. Matar as esperanças, matar o sentimento, o carinho e tudo mais que havia ali. Eu já me decepcionei diversas vezes como todo o tipo de pessoa e situação e posso dizer que não há nada pior do que se decepcionar com um amigo. Um namorado, uma paixão ou qualquer coisa do gênero não é alguém a quem você entrega tudo que há de melhor em você. A vida nos ensina a não confiar na paixão. As relações nos mostram que nada é maior que uma amizade verdadeira. Há uma brilhante frase que diz: “Nunca conquiste o coração de alguém se não tem interesse de ama-lo”. Eu diria que nunca se deve conquistar uma amizade se ela não será verdadeira, leal e eterna. Pode-se dar diversos motivos para uma decepção amorosa. A carne é fraca, nem sempre temos certeza do que sentimos, sentimentos mudam e nem sempre podemos controla-los. Todas justificativas que me parecem aceitáveis, por mais cruéis que possam ser. Mas o que explica um amigo decepcionar o outro ? O que explica se pagar com indiferença àqueles que sempre fizeram tudo pela amizade ? Pra mim, nada explica. Eu posso suportar traição de namorado, mentira do maior amor, e até uma decepção familiar. Mas nunca suportarei a decepção de ter uma amizade jogada no lixo, desvalorizada. Amigo é aquele que compreende, que ajuda, que está sempre ali. Amigo é sempre sincero, não passa a mão na cabeça, mas nem por isso deixa de lhe oferecer o ombro pra chorar. Amigo é aquele que você conhece melhor que a si mesmo, que entende seus pensamentos, que faz tudo para te ver bem. Amigo é para sempre, supera todas as adversidades, faz as maiores bobagens e tudo é sempre igual. Uma amizade verdadeira nasce do nada, surge nos pequenos gestos, em situações inesperadas. Mas uma amizade, se for verdadeira, não morre do nada. Ver uma amizade morrer é triste, pois significa que ela nunca existiu. Não para ambas as partes. Essa é a maior decepção que se pode ter com alguém. Ver que um amigo não era amigo machuca e dói. É aquela dor que não some, que não se pode apagar. Porque amigo deveria ser pra sempre, amigo deveria estar sempre ali para lhe enxugar as lágrimas e não para faze-lo chorar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*