sábado, fevereiro 14, 2009

Viver ou existir ?

É injusta a maneira como tudo na vida foge totalmente do nosso controle e não há nada que você possa fazer pra mudar isso, é assim e ponto. todos os dias você acorda e as coisas estão lá esperando por você, há uma vida inteira pré-determinada contra a qual você não pode lutar, situações das quais você não pode fugir, caminhos estranhos e sem sentido que se entrelaçam e levam-o a lugares desconhecidos,caminhos sem uma aparente razão de ser pelos quais você é levado para que faça as coisas que tem que fazer e nada poderá tirá-lo dali,não tem como fugir do destino, ele é soberano e implacável. Esses caminhos tortuosos pelos quais temos que passar por vezes nos ensina muitas coisas, mas sempre traz consigo dor e sofrimento e você não pode escapar disso até que tenha aprendido tudo. A vida lhe guiará e fara tudo de acordo com suas vontades, não pedirá licença na hora de mudar seus caminhos nem dará as respostas que você busca sem que tenha chegado a hora. Há coisas das quais não se pode correr nem se esconder, elas estão ali com você o tempo todo, desde quando acorda até a hora em que se deita, sua consciência não lhe permite esquecer das coisas que realmente importam, ela lhe perturba o tempo todo e assim será pra sempre até que você aprenda as coisas que deve saber. Apesar de todo o divertimento que viver nos proporciona, as vezes optar por apenas existir pode ser bem menos doloroso, abrir mão dos prazeres pra não sentir as dores, uma escolha difícil, não ? Mas a vida é feita de escolhas e todas tem consequências, apesar de dar todas as oportunidades, ela cobra muito caro pelos erros. E o que você faz quando todos os caminhos que a vida lhe deu só trouxeram sofrimento, mas você não pode deixar de viver porque precisa sentir ? Você vive, e sofre, e sangra e vê tudo desabar. Você sofre sem saber porque sofre, sem entender as coisas ao seu redor, sem ver motivo aparente pra sua dor. Você fica triste e espera pelo dia em que finalmente a vida lhe trará a tão sonhada felicidade, ou aceita o sofrimento eterno em troca de alguns prazeres.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*