quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Pura afeição.

E tudo volta àquele ponto triste onde nada faz sentido. E eu ? Continuo aqui sentindo as mesmas velhas dores e vendo o sangue escorrer de minhas feridas misturado às lágrimas que caem quando olho pra essa nova aquisição, mais uma decepção pra minha estante. Me pergunto persistentemente porque você insiste tanto em ir quando tudo mostra que é aqui que você deveria estar, e aí me lembro que você é igual a mim, tem a alma marcada por sofrimentos e decepções, a perspectiva de felicidade dói em você tanto quanto dói em mim e por isso você se afasta, foge para o seu lugar seguro e me deixa aqui. A ironia disso tudo é que só voltei ao inferno pra te buscar e você me abandonou aqui sozinha, me mostrou mais uma vez que mesmo que pareça o mais certo isso não será possível agora, não nessa vida. Almas iguais, destinadas a sofrer separadas, corações despedaçados que se pertencem mas simplesmente não podem ficar juntos, a cumplicidade de quem entende o que se passa dentro do outro, que vê através da alma, a dor de o ver partir sabendo que não é o melhor e a compreensão que lhe permite voltar sempre que tem vontade, a ligação que só nós podemos entender e as perguntas sem respostas que insistimos em nos fazer. Todas ligações acima do entendimento humano, ligações sem precedentes, almas que se compreendem e se confortam mesmo que para isso não seja necessário nada além do que sentimos. Não há uma definição pra tudo isso, mas há quem diga que o que sentimos é pura afeição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Se não leu o texto não comente só para eu comentar no seu blog, não me dou ao trabalho de responder esse tipo de comentário.
- Faça comentários relacionados ao texto, se quiser falar sobre outro assunto existem várias outras formas de entrar em contato comigo.
- Se quiser deixar o link do seu blog comente com Open ID, meu blog não é uma página de propagandas.
- Não peça para eu seguir seu blog, twitter, etc. Se eu achar interessante seguirei por conta própria.
- E se usar um texto meu me avise e dê os créditos. Plágio é crime!

Enfim, não gostaria de ser chata impondo regras aos comentários, mas algumas pessoas exageram.
Espero compreendam e que tenham gostado do blog.
Voltem e comentem sempre. ;)
Beijo :*